Visita do governador e recadastramento eleitoral marcaram debates dos vereadores de Ponta Porã


Publicado em:  19-02-2019

A sessão ordinária da Câmara Municipal de Ponta Porã realizada na tarde de terça-feira, 19 de fevereiro, foi marcada por intensos debates em torno de dois temas de grande importância. O primeiro deles, destacado nos pronunciamentos dos parlamentares foi a visita do governador Reinaldo Azambuja à cidade, ocorrida na última sexta-feira, 15 de fevereiro.

            Na oportunidade, o governador entregou maquinário para a formação de quatro patrulhas mecanizadas que beneficiarão diretamente os agricultores familiares da região de fronteira. Duas destas patrulhas serão utilizadas pelos produtores rurais que moram nos assentamentos de Ponta Porã, como o Itamarati e o Dorcelina Folador.

            Os parlamentares se revezaram na tribuna para destacar a importância desta iniciativa do governo do estado em parceria com o governo federal e a Prefeitura de Ponta Porã. Cabe ressaltar que o município possui milhares de famílias que desenvolvem a agricultura familiar, produzindo alimentos no município.

Outro ponto destacado foi o anúncio feito pelo governador Reinaldo Azambuja de que está em fase final o processo de licitação para a obra da pavimentação asfáltica do Anel Viário de Ponta Porã. Os 17 vereadores se posicionaram a respeito do tema. Todos destacaram a importância desta obra.

A maioria elogiou a postura do prefeito Hélio Peluffo Filho em atuar decisivamente para que o governador Reinaldo Azambuja possa iniciar a obra nos próximos dias, honrando assim um compromisso feito com a população de Ponta Porã. O Anel Viário é considerado uma obra emblemática para o município, pois permitirá desafogar o trânsito pesado da área central da cidade, garantindo segurança aos condutores de veículos e pedestres e maior fluidez no trânsito.

Os vereadores também destacaram a visita do secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, que tratou de um dos maiores problemas enfrentados pela população: o atendimento no Hospital Regional de Ponta Porã.

A Câmara Municipal tem acompanhado a situação, especialmente pelo trabalho de uma comissão especial que tem buscado informações sobre o que será feito pelo governo para melhorar o atendimento naquela unidade de saúde. Atualmente o hospital é administrado por uma organização social, chamada Gerir. E os vereadores têm recebido constantes reclamações dos moradores acerca da qualidade no atendimento do hospital. Eles garantiram que vão continuar acompanhando a situação, fiscalizando e agindo em defesa da população, que precisa do atendimento público e gratuito no setor da saúde.

Recadastramento Eleitoral

            Durante a sessão o presidente da Casa, vereador Candinho Gabínio, disse que, acompanhado por vários colegas, esteve conversando com o presidente do Tribunal Regional Eleitoral, Desembargador João Maria Lós, que anunciou a realização da revisão eleitoral e cadastramento obrigatório da biometria dos eleitores. “Na próxima eleição, em 2020, todos os eleitores deverão ter o novo título, contando os dados biométricos. Em Ponta Porã são mais 60 mil eleitores e, cerca de 60% deles precisarão procurar a Justiça Eleitoral para fazer o cadastro e obter o novo documento para poderem votar na próxima eleição”, explicou Candinho.

Ele disse que a Câmara Municipal estará ajudando a Justiça Eleitoral a proceder os trabalhos no município. A previsão é que os trabalhos comecem em março deste ano na cidade. Tudo deverá ser concluído ainda neste ano.

Professores

Ainda durante a sessão ordinária desta terça-feira, 19 de fevereiro, os parlamentares votaram dois requerimentos que estavam na pauta. Eles também iniciaram a apreciação de três projetos de lei apresentados para leitura. Um deles, de autoria do Poder Executivo Municipal, que autoriza o pagamento do reajuste de salário aos professores da Rede Municipal de Ensino.


Fonte:  Assessoria CMPP


Fotos:  Lécio Aguilera



Copyright © 2018 Câmara Municipal de Ponta Porã