Câmara Municipal de Ponta Porã


Em sessão, Câmara Municipal acolhe reivindicações dos conselheiros tutelares


Publicado em: 27-04-2021


A sessão ordinária de 27 de abril, na Câmara Municipal de Ponta Porã, foi marcada pela presença dos conselheiros tutelares que foram buscar apoio dos vereadores para viabilizar melhores condições de trabalho para o órgão que atua no atendimento às crianças e adolescentes na cidade. Eles relataram que enfrentam dificuldades para fazer o trabalho em todo o Município, como a falta de uma sede apropriada, veículo e recursos financeiros.

            Os parlamentares se comprometeram em ajudar o Conselho Tutelar a viabilizar os pedidos. “Estaremos reunindo os colegas para definirmos a melhor maneira de ajudar. Entendemos a importância do Conselho Tutelar para a nossa comunidade. Por isso vamos agir na defesa dos interesses da população, procurando viabilizar melhor estrutura para atuação dos conselheiros tutelares”, garantiu o presidente da Câmara Municipal de Ponta Porã, Rafael Modesto.

AGROTÓXICOS

             Durante a sessão foi lido o teor de um ofício encaminhado e o prefeito Hélio Peluffo Filho e ao governador Reinaldo Azambuja, em que os 17 vereadores de Ponta Porã solicitam.

            A Câmara tem recebido várias reclamações dos moradores da área próxima ao Exército, onde existe uma lavoura que utiliza grande quantidade de agrotóxicos, todos os anos. Os moradores das imediações relatam que sofrem transtornos e prejuízos, como o impedimento do cultivo de plantas em seus quintais. Muitas espécies de plantas domésticas acabam morrendo por conta da ação residual do agrotóxico aplicado na lavoura existente na área do Exército. Também existem relatos de problemas de saúde, especialmente crianças e idosos, por conta dos produtos aplicados nas lavouras de soja e milho produzidas na área pertencente ao Governo Federal e cuidado pelo 11º Regimento de Cavalaria Mecanizado.

PISTA DE ATLETISMO

            Os 17 vereadores de Ponta Porã também assinaram um ofício encaminhado ao presidente Jair Bolsonaro, ao governador Reinaldo Azambuja, ao ministro da Cidadania, João Roma e ao diretor presidente da Fundesporte Marcelo Ferreira Miranda, solicitando a liberação de recursos financeiros na ordem de R$ 3 milhões para a construção e revestimento sintético (emborrachamento) de uma pista de atletismo com 6.275,20m²  no município.

            O Município já possui área para esta obra, que fica ao lado da sede da Fundação de Cultura e Esporte, mas necessita de parceria para concluir a obra uma vez que os recursos oriundos do Fonplata não serão suficientes para a conclusão deste grande benefício para a população pontaporanense.

            No documento assinado pelos 17 parlamentares, recorda-se que, por iniciativa do vereador Farid Afif, o Município de Ponta Porã também está construindo um Boulevard de Esportes, complexo esportivo com quadra de esportes, campo de futebol de grama sintética, pista de caminhada, ciclovia, playground com brinquedos e uma academia ao ar livre no Horto Florestal de Ponta Porã. Com os recursos solicitados, os vereadores acreditam que o Município terá condições de concluir a construção da pista e também deste boulevard de esportes.


Fonte:  Assessoria de Imprensa CMPP


Fotos:  Lécio Aguilera